quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Mixtape Pop Punk e 9 motivos para ouvir... pop punk!

Tem preconceito? Já ouviu falar mas não sabe por onde começar a ouvir? Não sabe do que estamos falando? Então leia este post!


Por Carla, Nandolfo e Mama



Por Taylor Ruth

Nós gostamos de pop punk. Cada um começou a ouvir em uma época, tem suas preferências e suas referências no assunto, e gostar dessas bandas foi algo que nos aproximou. Esse laço, de gostar muito de algumas bandas - que não é particular do pop punk, mas de quem gosta de música e de compartilha-la com quem se gosta - é forte. Quando um acha uma banda que gosta um tanto, vai e manda pro outro. Nessa hora, já se sabe que deve ser algo especial, e por aí vai. Por esses motivos, pela razão da tirinha acima, e porque as bandas são fodas, preparamos 9 motivos para quem ainda não ouve pop punk começar a ouvir. 

Mas antes da lista, é importantíssimo deixar algo bem claro: historicamente o pop punk é um subgênero musical misógino e machista. Assim como o punk, o death metal e tudo mais que nos rodeia. Machismo e misoginia aprende-se culturalmente e isso se infiltra mesmo. Existem muitas críticas - principalmente nos EUA, local onde o pop punk é bem forte -  as letras de bandas pop punk. Para ler mais sobre, confere a resenha do Marcelo sobre o primeiro show da volta do Polara, no intertítulotítulo "Emo e Sexismo" há uma discussão sobre o assunto.

Mas a nossa lista, os nossos motivos e mais importante - as referências musicais que pensamos e citamos - são de bandas que não são misóginas e machistas. Existem muitas bandas com discurso feminista, antisexista, queer, vegano que tocam pop punk. E existem outras tantas que não tem esse discurso e que também não tem letras preconceituosas. Nossa referência é essa. E falar delas é uma forma de mostrar que não existe só um pop punk.

E se os nossos motivos te convenceram.. ouça a Mixtape #8: Pop Punk, nós selecionamos várias bandas feras. Depois dessa, não há desculpa para não ouvir pop punk e não sorrir.


PS Eliot @ 10 anos de Salinas Recs - Foto Christopher Carreon

1
Aqui os singalongs pertencem a todxs e não apenas a meia dúzia de garotos que pisam na sua cabeça e te empurram pra fora do show. Cantar "and it goes on and on and on" com xs amigxs em espaços seguros (entenda como espaços que não toleram misoginia/sexismo/homofobia/etc, onde você pode ser quem é) parece ser algo muito bom! É claro que existem bandas de pop punk de todas as formas (mainstream ou não), mas se você acompanha este blog, sabe de que tipo de cena estamos falando. Cantar, dançar, se divertir, se emocionar, vivenciar e sim, cantar os melhores refrãos juntxs!! 

2
No pop punk os "tchururus" e os "uôuôôs" fazem sentido, se encaixam perfeitamente naquelas guitarras marotas, nas vozes mais doces e nas mais raivosas, nos ritmos cadenciados e nos agitados. As palavras aqui funcionam, grudam na cabeça e no coração, dão ritmo às suas vivências, acompanham suas idas e vindas. O pop punk tem o dom de criar bandas ótimas e músicas apaixonantes, além de possuir as pessoas mais simpáticas do punk! Deve ser a melodia que torna as pessoas mais amáveis e dispostas a criar bons laços.  

3
E acho que o terceiro motivo é simples. Deve estar batendo pro lado esquerdo do seu peito enquanto você le isso.

4
Dançar! Ok, dançar não é nenhuma coisa exclusiva desse estilo de musica, música é pra dançar seja lá qual for ela. Mas acho que eu queria chamar atenção pra de fato dançar ouvindo pop punk. A animação que toma conta do corpo, e que me faz até perceber melhor todo a minha extensão e quão desengonçado eu sou. Adoro isso. É um jeito muito bom de se soltar, seja pra começar o dia ou pra terminar ele em grande estilo, não necessariamente num show, mas ouvindo no fone no seu quarto e se remexendo muito, sem um ritmo ou passo definido mas uma coisa que acaba durando por muito muito tempo seguidamente! Dançar ouvindo pop punk é muito bom e as vezes é difícil fazer uma coisa sem a outra. É o movealong do corpo pra acompanhar o singalong da voz.


5
Punk rock é um ótimo motivo para se ouvir pop punk. Como assim? Acho que é essa ideia de tentar não se rotular ou não se contentar com um rótulo. Sabe aquela ideia de não se fechar a uma coisa só? Por mais que numa micro escala, ouvir pop punk pra fugir daquela ideia de que punk é isso ou aquilo. Numa mesma ideia sobre ir atrás de bandas riot-grrrl pra não ter que ficar ouvindo aquela ladainha male values uber alles, mas como aqui estamos falando de pop punk até generalizando isso um pouco mais... Se reinventar, se reapropriar, brincar, se descobrir e descobrir muita coisa nova e que seguem outras direções daquela que é fácil se acostumar. Acho que o pop punk pode ajudar a dar novas ideias e de um jeito ainda leve sem precisar de tons agressivos. 


Little Lungs @ 10 anos de Salinas Recs - Foto Christopher Carreon
6
Suas filhas e seus filhos vão adorar pop punk! Sem deixar de mencionar a origem de tudo (bandas, discos..), as bandas de pop punk são perfeitas para ser referência de punk para xs pequenxs. Há política, façavocêmesmx, há feminismo e diversão e você pode dançar muito com elxs colocando no aparelho o LP da Sourpatch ou a tape da All Dogs no volume máximo!!

7
Ouvir pop punk pode ajudar a diminuir níveis de tristeza, e até mesmo a eliminar - mesmo que temporariamente - o mau humor. Uma pesquisa realizadas entre abril, maio e junho deste ano pelo Instituto Cabeça Tédio (ICT) aponta que 80% das pessoas que estavam tendo um dia ruim e foram expostas a "uo, uo, uo", riffs animados e à músicas do RVIVR se sentiram menos miseráveis depois da audição. Não há restrição da receita, a menos que você empreste seu disco/player para algum amigue. Para uso sem moderação, os pesquisadores indicam que é importante que cada um descubra o tipo de banda que se encaixa melhor no seu perfil. O resultado da pesquisa só pode ser aplicado a bandas que não são sectaristas, preconceituosas e tudo aquilo de ruim que a gente já sabe.

8
As letras. Uma vez que você já tem algumas bandas preferidas, que tratam de temáticas caras à você, é muitíssimo provável que você se identifique com as letras. É provável também que elas se tornem recortes de alguma época que você viveu, e que te lembrem coisas ruins e boas. E que elas te ajudem a pensar e mudar aspectos do seu comportamento. Obviamente, isso não é particular do pop punk, mas acho que elas podem ter uma certa magia especial.

9
Se os outros oito motivos não foram suficientes, esse também não será. Vou ficar aqui ouvindo PS Eliot, até mais.

Mixtape #8: Pop Punk


O segredo dessa playlist do amor foi: cada cabeça tédio escolheu cinco tracks. Claro que perguntas como "me avisa se você for colocar High Dive para eu não colocar" foram feitas, afinal de contas, existem bandas que apenas não poderiam faltar. Tanto porque gostamos demais quanto pela qualidade delas. Então é isso, se você gostar da mixtape manda ela para alguém que você gosta, quem sabe assim vocês não começam uma banda e um dia a gente faz uma mixtape de pop punk com bandas brasileiras? 

Foto: Sourpatch

Tracklist Mixtape#8: Pop Punk

01 - PS Eliot - Incoherent Love Songs
02 - Travelling - Pt1. End of Summer
03 - Little Lungs - Pet Cemetery
04 - Aye Nako - The Rind
05 - Cheeky - Grow Fins, Turkey
06 - High Dive -Square One
07 - Omar - Candice Sells Out and Tries to Move to Brookly
08 - Latterman - An Ode To Jon Contra, Part 2
09 - Lemuria - Bristles and Ahiskers
10 - The Ergs - Every Romance Language
11 - Caves - Bows & Arrows
12 - Joyride! - Social Studies
13 - Parasol - Firecracker 
14 - Peeple Watchin' - Rainbow Water
15 - You, Me & Us - Steve Holt!


Ou.. ouça online

3 comentários:

lovelove6 disse...

adorei

boredcarla disse...

uhu!

Maura C. Parvatis disse...

Adorei essa mixtape! E, principalmente, os nove motivos para ouvir pop punk! ;D

:*