sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

revivere: As bandas ovulares do Riot Grrrl estão voltando!

Sleater Kinney volta a tocar e L7 e Babes in Toyland anunciam shows de reunião




2015 chegou há pouco tempo e está sendo melhor do que um sonho. Até agora, três bandas Riot Grrrls/de mulheres anunciaram que estão voltando a tocar, seja para shows de reunião ou em definitivo. Para quem nasceu nos anos 1980 e gosta e acredita na cultura Riot Grrrl, em mulheres empoderadas e inspiradoras, o momento é de tentar aproveitar para ver hoje bandas que fizeram história durante os anos 1990.


Mas, pera! Não sabe o que é o movimento Riot Grrrl? Sleater Kinney explica!



Até agora, Sleater Kinney foi a única banda que anunciou que está de volta. Após um hiato de quase dez anos, no dia 20 de janeiro elas lançaram o full lenght No Cities To Love e saem em tour do álbum nos Estados Unidos e Europa em fevereiro. Mas a volta de Carrie, Corin e Janet não veio sozinha, ainda bem. 

Donita Sparks e as L7 também aproveitaram o início do ano para dar mais boas notícias para as viciadas em música: além de show de reunião, elas divulgaram o KickStarter (financiamento coletivo) do documentário Pretend We're Dead, dirigido por Sarah Prince. A boa notícia é que elas estão quase atingindo a metade da meta. Confira o trailer:


A banda de Los Angeles até agora divulgou shows na Espanha e França e garantiu que outras datas serão acrescentadas. Quer saber porque elas voltaram? Vontade de tocar para quem gosta delas. Esses serão os primeiros shows da banda em 15 anos de hiato. 

Em janeiro Babes in Toyland anunciou shows de reunião em Los Angeles e no Reino Unido. O trio de Minneapolis volta com a formação do disco Fontanelle (1992), com Kat Bjelland, Maureen Herman e Lori Barbero. Kat disse ao site NME que elas voltaram por causa dos fás, que até hoje tem expectativa em ver a banda. Até agora, elas não falaram sobre novos álbuns ou uma volta permanente, mas mesmo apenas o show de reunião resgata o legado delas, e consequentemente, de uma geração de mulheres que criaram seu próprio espaço em uma cena e indústria machista e com pouca representatividade de mulheres roqueiras. 

Segura o forninho


Quem puder ir ao Primavera Sound Festival, em Barcelona, entre 25 e 31 de maio será feliz. Sleater Kinney, Babes in Toyland, The Julie Ruin, Ex Hex (banda da Mary Timony, que tocava com Janet Weiss e Carrie Brownstei no Wild Flag) vão tocar. A cereja do bolo é Patti Smith tocando Horses inteiro e mais um set acústico. Ufa, esse ano não está fácil para as apreciadoras dessas bandas divas.  
 

Erase Errata lançou Lost Weekend




Também no dia 20 de janeiro o trio post-punk/experimental de Oakland, Erase Errata, lançou após um hiato de quatro anos o álbum Lost Weekend, primeira gravação delas em oito anos. Atualmente, o trio é Jenny Hoyston, Ellie Ericksone Bianca Sparta. Até agora elas não anunciaram datas de shows, mas My Life in Shadows já tem clipe:


Se esse não é um janeiro incrível, não sabemos o que é! Ouça o stream do álbum e a entrevista que Meredith Graves (Perfect Pussy) fez com o trio. 

Um comentário:

Maura C. Parvatis disse...

Uow!!!
Espero que 2015 mantenha o ritmo de uma boa nova por semana, por dia... :D