sábado, 21 de setembro de 2013

Free To Fight - Self Defense For Women And Girls (1995)

"Free To Fight - Self Defense For Women And Girls" é uma compilação lançada em 1995 pelos selos independentes Candy Ass,  de Jody Bleyle,  e Chainsaw Recordsde Donna Dresch. Ambas fundaram e tocam até hoje no Team Dresch, importante banda de queercore/riot grrrl. A compilação foi é um álbum duplo, lançado em LP e CD, que acompanha um livreto de 75 páginas que contém textos, histórias em quadrinhos feitos por várias pessoas diferentes. 

Free To Fight #1 (1996) split do Sleater Kinney e Chyper in the Snow

O mais importante dessa compilação não é a música, e sim o objetivo do projeto que é falar sobre defesa pessoal para mulheres e garotas. As tracks musicais são intercaladas por spoken words (um texto lido) em que as participantes do álbum falam sobre suas experiências de abuso, ensinam como dar um soco e desabafam. A compilação tem 25 músicas de 15 bandas diferentes - formadas apenas por mulheres - e 13 tracks de spoken word/relatos, totalizando 28 faixas.

Trata-se de uma abordagem interessante para discutir o assunto, e para mim, muito poderosa. Ouvir relatos, ouvir outras mulheres te dando dicas de como se defender de situações de violência, e como sair delas é empoderador quando não se recebe apoio de outras pessoas. E é empoderador também quando se recebe, é uma forma de lembrarmos que o problema é a cultura do estupro e suas consequências, e que para vivermos minimamente bem devemos nos cuidar, tanto psicologicamente quanto da saúde. 

Acionadores (trigger warning) - as músicas, spoken words e as estratégias de auto defesa podem ser acionadoras para sobreviventes de violência.


Música, música, música


15 bandas participam da compilação, que traz nomes conhecidos como, Team Dresch, Fifth Column, Heavens to Betsy e Excuse Seventeen. Tem várias outras que não conheço, e alguns projetos solos. Em 1996, um ano depois do material ser lançado, o objetivo do Candy Ass era continuar lançado splits do Free To Fight. Isso aconteceu, gerando o Free To Fight #1 (imagem acima), um split 7" do Sleater Kinney e Cypher in the Snow. O disquinho tinha "Big Big Lights", do melhor trio do mundo, e "Blame The Victim", do Cypher in the Snow.

Disponibilizamos abaixo o Free To Fight - Self Defense For Women And Girls com algumas páginas do livreto.

Free To Fight - Self Defense For Women And Girls

Tracklist (em negrito o nome das bandas, spoken words e estratégias de auto defesa)

01. Sarah Rides the Greyhound (spoken word)
02. Monster Snack – The Third Sex
03. Definition of Self Defense (self defense strategy - 
estratégia de auto defesa)
04. Song for Anne Bannon – Team Dresch
05. Sleep’n wit’ the Enemy – Mizzery
06. Violence is Violence (self defense strategy - 
estratégia de auto defesa)
07. Killing Your Clone is Still Murder – Sue P. Fox
08. Carnation Red – Rebecca Gates
09. Body Language (self defense strategy - 
estratégia de auto defesa)
10. Don’t – Fifth Column
11. Yelling (self defense strategy - 
estratégia de auto defesa)
12. Real Defense – 151
13. Make a Scene (self defense strategy - 
estratégia de auto defesa)
14. The Martyr – Containe
15. Assertiveness Practice (self defense strategy - 
estratégia de auto defesa)
16. New Terror Story – Nikki, Jen, Rueben
17. St. What’s Her Name – The Lois
18. Alice’s Story (spoken word)
19. Primary Targets (self defense strategy - 
estratégia de auto defesa)
20. Target Practice (self defense strategy/song - 
estratégia de auto defesa/música)
21. Striking (self defense strategy - estratégia de auto defesa)
22. Disgracias – Cheesecake
23. Laura Sister Nobody Crosses the Street - (spoken word)
24. Daddy’s Crazy – Azteca X
25. Get Out of My Head – Heaven’s to Betsy
26. Sylvia Gets Fancy (spoken word)
27. Forever Fired – Excuse Seventeen
28. Lucky One – Nikki McClure 


Free To Fight - Self Defense For Women And Girls - Download 

Um comentário:

Maura C. Parvatis disse...

Nossa, que incrível!
Valeu por compartilhar o material :)

Vou tentar baixar, ver se minha internet 3G colabora! :|

Beigos!