sábado, 9 de fevereiro de 2013

resenha: Lançamento do livro Perifeminas - Nossa História (guest post)

"PERIFEMINAS - Nossa História", foi lançado dia 6 de fevereiro em São Paulo, e traz textos de mulheres do hip hop

Guest Post por Larissa No Subtitle (CLIT zine - leia e curta o Clit)


Quem que ao imaginar a cena hip hop nunca teve em mente vários manos em um ambiente bem masculino? PERIFEMINAS, uma compilação de textos das mulheres dessa cena, vêm para contestar essa ideia de um ambiente - se não exclusivo- dominantemente masculino. A proposta de fazer um livro com mulheres da cena surgiu de Jô Maloupas, integrante do grupo de rap Odisséia das Flores, em uma reunião da Frente Nacional de Mulheres no Hip Hop. Foi elaborado um projeto em que 63 mulheres (de 11 estados) foram contempladas com a possibilidade de participar desta compilação. 


História e resistência - Foto: Larissa No Subtitle
Os textos são diversos, tanto em formato (prosa, poesia, desabafos) como em temas, que variam desde a questão da negritude, da mulher e do som. Os textos são acompanhados pela foto e um resumo da trajetória de cada autora na cena. A arte da capa (e algumas ilustrações internas) foram feitas pela grafiteira Risca e expressa muito bem o que esse livro trás para nós: periferia, arte e mulheres ativas contando suas histórias. " Um grito eternizado em páginas", foi a melhor definição que deram ao livro.

Lançamento do Perifeminas no espaço Ação Educativa - Foto: Larissa No Subtitle
O lançamento rolou no espaço Ação Educativa, um centro de cultura periférica no Centro de São Paulo. Foi um evento breve, mas intenso, já que a expectativa de ver o livro concretizado era grande. Além da venda do livro, cds e artesanatos das autoras estavam disponíveis. A cerimônia começou com uma homenagem a Dina Di, artista falecida em 2010 e que foi uma das guerreiras pelo reconhecimento da produção feminina dentro do hip hop. Uma das autoras proclamou uma das músicas de Dina em uma performace com dança afro.

Performance de dança afro - Foto: Larissa No Subtitle
Rolou uma explicação com slides do processo para a concretização do livro, desde a sugestão da Jô, até a aprovação do projeto pela VAI (Valorização de Iniciativas Culturais) e as oficinas de redação e edição de texto, ministradas por Raquel Almeida, escritora que coordenou a elaboração do material. Algumas das mulheres falaram sobre a experiência de participar do livro e todas as autoras se prontificaram a distribuir os autógrafos. 
As autoras - Foto: Dulce Figueiredo
O evento foi encerrado com um show da Odisséia das Flores, com muitas palmas, galera cantando junto, se emocionando e vibrando. Um som das minas pra imaginar:


"Não há democratização da cultura sem o reconhecimento da cultura periférica, negra, do hip hop e principalmente do protagonismo das mulheres" James, representante do VAI.
Quem quiser uma cópia do livro escreva para: 
projeto.perifeminas@gmail.com.

3 comentários:

xsuxsuzetex disse...

Foi demais! Lindo ver as mulheres arquitetando, fazendo acontecer! =)

Maura C. Parvatis disse...

Deve ter sido lindo!!!

Vou entrar em contato pra adquirir um exemplar =D

Lunna disse...

Parabéns pela materia, expressou muito bem o momento inesquecivel desta noite para todas nós.

Abraços